É Possível o Refinanciamento de Veículo ou Imóvel?

livre-se das dívidas e realize seus sonhosNormalmente as pessoas que se encontram com dívidas buscam alternativas para obter empréstimos mais baratos e, assim, evitar as altas taxas cobradas no uso do cheque especial e ainda nas dívidas no cartão de crédito.

Por isso, é comum perguntas relacionadas ao refinanciamento de um veículo, e em alguns casos sobre refinanciamento de um imóvel, se isso é possível e quais as condições necessárias para obter empréstimos desta forma.

Então, vamos compreender mais sobre o assunto?

É possível o refinanciamento de veículo ou imóvel?

refinanciamento de veículo ou de imóvel

Sim é possível. Mas antes vamos entender o que seria o refinanciamento de veículo ou imóvel. Algumas pessoas compram um carro financiado e não conseguem pagar o valor das prestações por inúmeros motivos incorrendo em atraso no pagamento.

Estas mesmas pessoas pensam que poderão realizar o refinanciamento deste bem para pagar esta dívida, mas o refinanciamento não é para esta finalidade.

O refinanciamento é nada mais que uma forma de usar o seu bem como garantia para adquirir um empréstimo. Então você pode estar se perguntando: isso significa que só posso usar o bem que possuo como garantia para pegar um empréstimo (refinanciamento) se ele estiver quitado? Bom, na maioria dos casos sim.

As instituições financeiras normalmente autorizam o refinanciamento no caso de bens que já estejam liquidados ou com poucas prestações a serem pagas.

O refinanciamento possui taxas mais acessíveis, pois da mesma forma que a compra de um imóvel ou veículo, em que o bem fica alienado, as garantias protegem a instituição em caso de inadimplência.

Como fazer um refinanciamento de veículo ou imóvel?

Antes de solicitar o refinanciamento do veículo ou imóvel realize um bom planejamento financeiro para saber se em seu orçamento caberá o valor da prestação referente ao valor que deseja pegar emprestado.

Lembre-se que se não honrar o pagamento da prestação poderá ter seu bem indo para leilão e dependendo do preço vendido poderá, além de perder o bem, ainda ter um valor residual a pagar como dívida.

Outro fator que deve considerar é que muitos optam por pagar o refinanciamento que está solicitando com prestações a perder de vista. Só que se pagar em muitas prestações pagará juros mais altos, pois é importante lembrar que estamos falando em juros sobre juros.

livre-se das dívidas e realize seus sonhos

Então, tente incluir no planejamento financeiro um valor de prestação que possa pagar com certo conforto, mas tente não pagar em muitas prestações para diminuir o custo do empréstimo (refinanciamento).

As instituições financeiras podem conceder até 70% do valor do bem que já se encontra quitado como valor do refinanciamento.

No caso do bem que ainda não está quitado, normalmente é solicitado que o veículo seja quitado e receberá o refinanciamento do valor referente a esta diferença. Algumas instituições exigem que o bem tenha em torno de 80% do seu valor pago.

Documentos necessários para o refinanciamento de veículo: RG, CPF, Comprovantes de renda e de residência, DUT preenchido e documentação do carro em nome do cliente.

No caso do refinanciamento de imóvel ou como alguns preferem citar: refinanciamento imobiliário, há alguns critérios a serem observados, pois há um valor mínimo a ser pego de empréstimo, além do imóvel na maioria dos casos já deve estar quitado e de conseguir pegar somente um percentual do valor de mercado do imóvel. Outro ponto importante é que algumas instituições financeiras não refinanciam imóveis rurais.

No refinanciamento imobiliário há instituições que oferecem o valor mínimo entre 50% e 70% do valor de mercado do imóvel para empréstimo. Porém, sempre pesquise bastante a melhor taxa de refinanciamento em várias instituições financeiras, a fim de diminuir o custo do  seu empréstimo.

Leia também: Como economizar dinheiro na compra de carro usado?

Até breve!

Fonte: Imagem Pixabay.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × três =