Evite o Consumo Desenfreado e Realize Decisões Econômicas

como se livrar das dívidas e realizar seus sonhosRealizar decisões econômicas não é algo fácil e exige estarmos sempre atentos as mais modernas técnicas de sedução para o consumo desenfreado.

Culpa das estratégias de marketing? Ou culpa nossa que buscamos extravasar nossos problemas ou conflitos nas compras ao invés de solucionar os problemas em sua origem?

Responda sinceramente a você mesmo se nunca aconteceu de querer muito algo que não era tão barato e quando comprou com muito sacrifício percebeu que aquela alegria que você sentiu ao comprar o objeto de desejo, ela simplesmente sumiu! Geralmente passam-se alguns dias e volta aquela sensação de vazio novamente e em alguns casos um sentimento de arrependimento surge, pois ainda por cima aumentou as dívidas.

Alguns culpam as estratégias avançadas de marketing com as famosas propostas de juros zero ou até mesmo do parcelamento em que começará a pagar somente daqui a 2 meses e você mais do que pensa em sua contabilidade mental: ah daqui a 2 meses já poderei pagar isso. Mas a grande questão não é poder pagar algo, ou ter algo, pois estamos na era em que o ter é mais importante que o ser, mas o grande questionamento que você deve fazer a si mesmo antes de realizar qualquer compra é: preciso realmente disso?

Evite o Consumo Desenfreado e Realize Decisões Econômicas

consumo desenfreado e decisões econômicas

Os profissionais da área de marketing normalmente já sabem quais as estratégias mais comuns para estimular o consumo desenfreado, mas será então que por ser um profissional desta área estaríamos vacinados e imunes a tais estratégias?

Se fosse assim, estes profissionais certamente estariam alcançando a independência financeira mais rapidamente que qualquer outro profissional. Mas a questão não é essa. Recentemente comecei a estudar mais o assunto para conhecer quais as principais técnicas que seduzem o consumidor e realmente o fato de conhecer tais estratégias nos ajuda um pouco mais a ter mais lucidez, ou seja, a realizar decisões econômicas.

Mas quais as estratégias mais comuns utilizadas?

Gatilhos Mentais

1 – Urgência

Existem vários gatilhos mentais como a urgência: onde dizem que os preços somente estarão nesse valor por 2 dias ou até amanhã. Claro que neste caso, a propaganda poderá ser verdadeira e realmente o preço voltar ao valor normal depois do prazo estipulado, mas a ideia é fazer com que você tome uma decisão rápida sem pensar.

2 – Dor

Outro gatilho muito comum é a dor, onde você se identifica com o cliente pela dor, ou seja, aquele problema que mais o aflige no momento. É uma forma de seduzir a pessoa em seu ponto mais frágil onde, por exemplo, pode ser o desemprego com estratégias como: “ganhe dinheiro em 24 horas e saia definitivamente das dívidas!”

3 – Bônus

Hoje é muito comum oferecerem a estratégia dos bônus onde a pessoa terá um sensação de valor superior ao preço do produto ou serviço que estiver adquirindo. Um exemplo é comprar um curso e obter de bônus vários outros cursos que vendidos separadamente possuem um preço bem superior. Na realidade essa estratégia não é ruim, desde que os bônus oferecidos sejam realmente úteis a pessoa.

Solução

Mas como não cair em armadilhas como estas? Ou ainda: como ter consciência de que estará adquirindo algo, pois realmente precisa ao invés de realizar uma compra por impulso? Quase todas essas estratégias, se não me arriscar a dizer que todas, podem ser ineficazes para estimular a compra rápida e sem reflexão com base em um artifício fundamental neste processo: nunca comprar na hora!

Se você não comprar naquele momento em que ver o produto ou o serviço e se permitir pensar por algum tempo (seja alguns dias ou algumas horas), você estará se permitindo a refletir mais e a pergunta central sempre é: preciso realmente disso?

Então, procure sempre refletir bem antes de realizar suas compras e analise também se realmente está precisando disso no momento, pois assim estará realizando compras inteligentes ao invés de compras por impulso, onde existirá grandes chances de arrependimento depois.

Este foi somente um dos assuntos tratados no livro: Decisões Econômicas. Você já Parou para Pensar? da psicóloga Vera Rita de Mello Ferreira.

Você procura refletir antes de realizar suas compras? Deixe seus comentários e compartilhe este artigo com os amigos!

Leia também: Como Ficar Rico Rápido Para Alcançar a Liberdade Financeira?

Até breve!

Fonte: Imagem Pixabay.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 + 13 =