O que é Analfabetismo Financeiro?

Você é aquele tipo de pessoa que está sempre feliz em fazer os famosos parcelados? Parcela tudo o que é possível e quando sobra dinheiro na conta, já corre e pensa: no que vou gastar o que sobrou? Não se preocupa muito com o dia de amanhã, pois poderá morrer a qualquer momento, então vive somente o hoje?

A DSOP uma das referência em Educação Financeira no país preparou um teste que poderá ajudá-lo a entender mais sobre o assunto.

Mas será que pode ser considerado um analfabeto financeiro?

O que é Analfabetismo Financeiro?

analfabetismo financeiro

Se recebe seu salário todo mês e não sabe o quanto gasta, ou seja, deixa a vida levar e fica torcendo para não ficar negativo, como se isso fosse algo totalmente imprevisível, pode ser que seja um analfabeto financeiro.

Se não gosta de fazer cálculo (isso não é algo ruim, mas alguém tem que ajudar neste caso), e compra sem analisar qual a melhor opção, ou seja, com custo mais baixo, isso também pode ser outro indicativo de um analfabetismo financeiro.

A maioria das pessoas, não procura pechinchar ou até mesmo pesquisar na hora da compra qual a melhor forma de pagamento ou até mesmo qual local com melhor preço. Muitos compram por impulso, quando poderia esperar um pouco mais e enquanto isso pesquisar o melhor preço.

Quer entender um exemplo prático que muitos erram no cálculo? É comum ler ou ouvir dizerem que o financiamento de imóvel as taxas de juros são bem altas e o valor final a ser pago é bem alto.

Até aí tudo bem. Mas quando entram com números do tipo: um imóvel de R$ 150.000,00 comprado hoje que daqui a 30 anos será o valor total de R$ 450.000,00. Você já deve ter ouvido que no final estará pagando o equivalente a 3 imóveis.

Mas se tem um conhecimento mínimo de matemática, saberá que não poderá comparar um valor futuro (no caso os R$ 450.000,00) com os R$ 150.000,00 por que certamente não comprará os mesmos itens com o dinheiro de hoje, amanhã.

Você não pode comparar dois momentos diferentes: hoje e amanhã como se fosse o mesmo, por que temos algumas variáveis envolvidas e inclusive a inflação.

livre-se das dívidas e realize seus sonhos

Entender um pouco de finanças pessoais é isso. É entender um pouco, ou até mesmo desconfiar que algo está errado, quando falam para você que um item que está comprando é o mesmo preço à vista e parcelado e que não tem juros! Neste caso, claro que saberá que há juros no valor final.

Então, não se preocupe se não sabe hoje a matemática exata na escolha da melhor forma de pagamento, mas procure entender um pouco mais a cada dia.

Use um pouco do raciocínio para entender simplesmente que algo não está certo e pergunte a alguém que possa ajudar. Enquanto isso aprenda um pouco mais e ficará cada vez melhor no assunto.

Boas escolhas financeiras!

Esse tipo de situação já aconteceu com você?

Até breve!

Fonte: Imagem Pixabay.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 + 1 =