O Que São Dividendos?


É comum ouvir na mídia algumas expressões não muito comuns a maioria das pessoas. Por exemplo: “Petrobrás anuncia que não pagará dividendos a acionistas este ano…” Você pode ter se perguntado: “mas o que são dividendos?”

O que acha de aprender um pouco mais sobre o assunto? A ideia é trazer alguns dos jargões usados no mercado para auxiliar você e todos os demais interessados a ler as notícias e compreender do que se trata o assunto.

O que são dividendos?

As empresas tem como objetivo principal gerar lucros. Pensando de uma maneira simples para compreender o assunto, pode-se dizer que o lucro é a diferença entre receitas e despesas.

Quando as empresas obtém lucro, podem optar em reinvestir parte desse resultado como uma forma de aumentar seus investimentos. As empresas podem usar a outra parte dos lucros não reinvestidos, para pagar dividendos aos acionistas. Esta remuneração aos acionistas podem ocorrer em dinheiro ou em ações.

A lei 6.404 determina que as empresas paguem no mínimo 25% dos seus lucros como distribuição de dividendos.

A periodicidade de pagamento dos dividendos pode variar: anual, semestral, etc. e esta informação poderá ser encontrada no estatuto da empresa.

De acordo com a revista Exame há alguns cuidados necessários para avaliar quais são as empresas boas pagadoras de dividendos antes de se pensar em viver de renda. Neste caso, algumas análises devem ser realizadas como por exemplo: se haverá lucro, ou até mesmo quais serão as perspectivas de crescimento do lucro da empresa nos próximos anos, etc.

Alguns analistas apontam que as melhores empresas são as que pagam valores de dividendos mais altos, devido a sua presença já estar mais consolidada no mercado, sem grandes necessidades de quantias elevadas em investimento.

Observe que devido ao cenário atual do país, com muitas empresas em processo de desaceleração e baixo crescimento, é muito provável que rendimentos por meio de dividendos não seja algo muito promissor no momento.

O que é dividend yield?

Em vários sites encontrará explicações bem complexas sobre esta expressão, mas na realidade ela está mais bem simplificada na Wikipedia: “dividend yield é um índice criado para medir a rentabilidade dos dividendos de uma empresa em relação ao preço de suas ações. Este índice traz o benefício de poder comparar a rentabilidade dos dividendos entre empresas”. 

O trecho destacado acima, explica que o índice trata-se de uma forma de comparar a rentabilidade de dividendos de empresas diferentes, mas isso deve ser analisado com cautela e será explicado por meio do exemplo abaixo.

Suponha que você tenha 200 ações da empresa X com preço de ação a R$ 50,00 e que paga um dividend yield de 5%.

Dividend Yield = Dividendo por Ação / Preço da Ação

Então, substituindo…

0,05 = Dividendo por Ação / 50,00

Dividendo por Ação = R$ 2,50

Neste caso, você receberá R$ 2,5 x 200 ações = R$ 500,00

livre-se das dívidas e realize seus sonhos

Se você analisar pela fórmula entenderá que o preço da ação está no denominador e pode-se entender que então preços menores de ação, provavelmente terão dividend yield maiores. Porém isso não significa que receberá rentabilidades maiores.

Vamos entender mais sobre isso?

No exemplo acima, vamos aumentar um pouco o dividend yield para 6% e diminuir o preço da ação para R$ 30,00. Vamos manter a quantidade de 200 ações.

 0,06 = Dividendo por Ação / 30,00

Dividendo por Ação = R$ 1,80

Você receberá R$ 1,8 x 200 ações = R$ 360,00

Até breve!

Fonte: Imagem Pixabay.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 − seis =