O Uso das Tecnologias Verdes para Salvar o Planeta

Esta semana a BBC relatou que na China soou o alerta vermelho referentes aos altos índices de poluição atingidos em Pequim e novamente levantou o problema que preocupa todas as demais nações: os atuais níveis de poluição.

Ainda nesta semana também ocorreu o COP 21 um evento relacionado a Conferência do Clima das Nações Unidas baseado na inovação sustentável. O objetivo deste encontro é estabelecer metas de redução dos níveis de poluição e um maior comprometimento das nações participantes na realização destas metas.

Vários ambientalistas afirmam que devido os níveis atuais de poluição mundiais, muito provavelmente será impossível reverter todos os danos já causados ao meio ambiente, mas a questão é: o que podemos fazer para tentar reverter este quadro ou até mesmo diminuir drasticamente os atuais níveis de poluição?

O Uso das Tecnologias Verdes para Salvar o Planeta

tecnologias verdes

Segundo a Envolverde e a Organização Mundial de Saúde, mais de 8 milhões de pessoas morrem mundialmente devido aos níveis de poluição. E ainda citam: no Brasil nos próximos 15 anos a poluição atmosférica será a causa de 250.000 mortes.

Um dos maiores poluidores mundiais por motivos óbvios hoje são países como Estados Unidos e China por ambos ainda serem dependentes da queima de carvão para geração de energia.

Pensando que o uso da energia limpa é a melhor solução, muitos investidores já estão apostando grandes quantias em ideias relacionadas a inovação verde como alternativa para os investimentos mais sustentáveis no futuro.

O que é Energia Limpa?

A energia limpa é a energia gerada por meio de processos com menos impactos em termos de poluição ao meio ambiente em relação aos processos de energia gerados por meio dos combustíveis fósseis.

No Brasil grande parte da energia elétrica é gerada por meio das hidrelétricas e este processo é considerado um tipo de energia limpa. Outras alternativas em fontes de energias limpas conhecidas são a Energia Solar e a Energia Eólica.

Leia também: A Energia Solar é uma Alternativa aos Apagões?

No Brasil houve o aumento da exploração de energia solar e eólica nos últimos com o aumento de usinas solares e usinas eólicas principalmente na região nordeste considerada a região mais propícia para estes tipos de investimentos e principalmente no que se refere a energia solar, devido ao nível mais alto de insolação nesta região. Porém infelizmente o país ainda oferece poucos incentivos ao desenvolvimento destas tecnologias verdes.

Vários estudiosos apontam que esse atraso no incentivo a esses novos tipos de tecnologias, que já são muito utilizadas em outros países, e inclusive em regiões com baixo nível de insolação, no Brasil se deveu a perda de objetivos em relação a manutenção de sua posição entre os países que mais utilizam energia limpa por meio da exploração do pré-sal. Relatórios do Greenpeace apontam este argumento como principal falha de nosso país no atraso da exploração de novas tecnologias sustentáveis.

Mas tudo isso poderá ser revertido desde que os governantes tenham visão mais de longo prazo e realmente criem incentivos como forma de estimular a indústria nacional, ou até mesmo estrangeira, para ampliar esse mercado de tecnologias verdes.

Leia também: Dicas para Economizar Energia Elétrica.

Até breve!

Fonte: Imagem Pixabay.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 + 20 =