Você é Escravo do Dinheiro?

cursos24horas300x250Estudos comprovam que mais de 70% dos trabalhadores estão insatisfeitos nas áreas em que atuam e atribuem a essa necessidade de trabalhar as contas para pagar todos os meses, mas você já parou para pensar se você é escravo do dinheiro?

Hoje os educadores financeiros abordam duas temáticas centrais como as escolhas em que uma pessoa pode realizar ao lidar com o dinheiro no dia a dia: fazer o dinheiro trabalhar para você ou ser escravo do dinheiro.

Fazer o dinheiro trabalhar para você nada mais é que criar alternativas para aplicar o dinheiro economizado todo mês de forma a obter rendimentos no “piloto automático”.

Ser escravo do dinheiro é não saber administrar as finanças pessoais e ter inúmeras contas a pagar em que o tornam escravo daquele emprego que não agrada mais a você.

preso ao trabalho e escravo do dinheiro

Você é Escravo do Dinheiro?

De certa forma para quem já leu o livro de Robert Kiyosaki lembra da famosa expressão da corrida dos ratos. Uma analogia a esta corrida dos ratos é a pessoa que está sempre com dívidas e que nunca poderá sair do emprego que tanto desagrada, pois as contas nunca acabam. É quase como uma corrida circular onde nunca há um fim.

Não vamos focar no sentimento ruim que proporciona a sensação de ser um escravo do dinheiro. Vamos tentar perceber como seria a sua vida com esse peso diário.

Imagine que você hoje decidiu organizar suas finanças pessoais e mudar de vida! Os psicólogos mais conhecidos afirmam que realizar mudanças não é algo fácil e na realidade poderíamos dizer que de certa forma é até mesmo um pouco desconfortável porque certamente tira a pessoa daquela zona de conforto.

você é escravo do dinheiro

Você com as finanças pessoais organizadas, agora já consegue juntar dinheiro todos os meses e aquele sentimento do que vou fazer se ficar desempregado ou doente começa pouco a pouco se diluir. Sua segurança aumenta, o sentimento de liberdade aumenta!

Algumas as pessoas que já atingiram a independência financeira relatam sempre o mesmo: a liberdade que proporciona de você poder estar no lugar que quiser na companhia das pessoas que mais tenham mais afinidade com você!

Sim isso é comum! Se você trabalha com o dinheiro ao invés de ser escravo dele, muito provavelmente não terá mais que se submeter a chefes tiranos algo não raro hoje em dia. Pois é muito comum além de estarmos em empregos que nos tornam insatisfeitos e verdadeiros escravos, também termos aquele chefe que tem o temperamento muito difícil e que no mínimo desagrado do funcionário, demite sem dó nem piedade.

Recentemente em uma pesquisa da SERASA apontou que a causa número 1 do endividamento e a negativação do nome se devem a dívidas não pagas devido ao desemprego.

Se você pode optar por ser feliz, porque optar pela tristeza em ter inúmeras contas a pagar todos os meses? Alguns afirmam que a felicidade não é algo deste mundo e estamos fadados ao sofrimento. Tenho convicção que a infelicidade muitas vezes foram escolhas nossas e por isso, cabe a cada um de nós obter forças e realmente desejar ser feliz!

Não seja mais escravo do dinheiro! Por isso, organize suas finanças pessoais. Reveja tudo o que pode ser feito para reduzir despesas e até mesmo o padrão social para conseguir obter uma reserva mensal. O sentimento de tristeza será pouco a pouco substituído pelo da auto-confiança e alegria que poderá proporcionar através dessa liberdade que o dinheiro poderá proporcionar.

Costumo dizer que o dinheiro não traz felicidade, mas ajuda! O importante é que muitos consideram pecado guardar dinheiro. Considero errado, o acumular em excesso, mas desejar um futuro melhor através de uma boa aposentadoria ou até mesmo uma liberdade maior a médio prazo é algo muito importante, pois afinal se você pensar bem: hoje nosso sistema previdenciário está quebrado e como será nossa aposentadoria no futuro? Viveremos as custas dos filhos?

Planejamento financeiro é essencial e faz parte do equilíbrio do ser humano como a alimentação correta e os exercícios físicos na medida certa, por isso, busque sua felicidade e pense sim que você tem direito a isso!

Saia da zona de conforto e comece hoje a controlar suas finanças pessoais e assim será possível não mais ser escravo do dinheiro, onde agora será você que fará ele trabalhar para você!

Até breve!

Fonte: Imagens Pixabay.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 4 =